Considerar alimentos como mocinhos ou vilões pode ser uma atitude perigosa. Um alimento pode sim prejudicar a nossa saúde, se consumido em excesso, mas a falta dele também pode nos causar problemas. Depende do contexto alimentar, isto é, as demais refeições que realizamos durante o dia. No caso do sal e o açúcar não é diferente, requer uma atenção. Cada vez mais as pessoas estão buscando uma melhor qualidade de vida, mas não devemos excluí-los por completo da nossa dieta.

Sal

O sal é encontrado em boa parte dos alimentos. E nós acabamos consumindo muito sódio, além da quantidade ideal, por causa dos alimentos industrializados. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), devemos consumir por dia 5 gramas de sal por dia, sendo que a grande maioria das pessoas consome o dobro.

O excesso do sal pode agravar as condições de saúde dos hipertensos, pedras nos rins e ainda retenção de líquidos. Já a redução drástica do consumo, abaixo de 5 gramas pode favorecer o risco de doenças cardiovasculares e desequilíbrio hormonal, segundo a OMS. Por isso, o equilíbrio é fundamental.

Aposte em temperos naturais, reduza o consumo de alimentos industrializados e embutidos, e assim conseguimos alcançar o equilíbrio.

Açúcar

O açúcar também não é ingerido apenas quando adoçamos alimentos, mas ele está contido em muitos produtos, como o macarrão, pães, sorvetes, bolachas, molhos, iogurtes, bolos, etc. Daí, quando percebemos, já ingerimos muito açúcar ao longo do dia.

O adequado, segundo a OMS, seria manter o consumo de açúcar em 10% das calorias da dieta, ou seja, cerca de 1/2 xícara de chá de açúcar refinado, mas ele tem substâncias que estimulam o cérebro gerar a sensação de bem-estar, por isso comer doce é tão bom! Mas lembre-se que o excesso favorece a obesidade, cáries nos dentes, e outros problemas de saúde.

Isso significa que devemos anular o açúcar? Os carboidratos são fundamentais para o organismo, pois são fontes de energia. O que a pessoa pode fazer é sempre escolher melhores opções, substituindo produtos excessivamente doces, por menores quantidades.

Nutricionista CRN 15164 • Pós em Nutrição Funcional, Clínica e Esportiva - Áreas de atuação: • Nutrição e Saúde da Mulher • Emagrecimento Consciente • Organização e Praticidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *